Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Letras Aventureiras | Por João e Luís Jesus

De João Jesus e Luís Jesus, nomeados os mais jovens escritores portugueses em 2016.

16
Fev18

Resenha da 2ª Temporada da Série "The Walking Dead"

João Jesus e Luís Jesus

Walking-Dead_510.jpg

Hoje trago a resenha de outra temporada de uma outra série que também estou a acompanhar.

Esta série é uma das mais famosas na actualidade e uma das mais vistas. Decidi assistir a esta famosa série devido à grande "seca" que estou apanhar na sétima temporada de "Supernatural", outra série que adoro, mas esta temporada está a ser fraquinha.

"The Walking Dead" é uma série que quase toda a gente deve ter ouvido falar. Esta série é focada num grupo de sobreviventes ao apocalipse zombie que destrui quase por completo o planeta inteiro.

Gostei muito desta temporada, teve muitos momentos marcantes e a entrada de personagens maravilhosas e torço para que nenhuma delas morra.

Recomendo muito esta série apenas para pessoas que não tenham um certo nojo de ver um tipo de monstros a devorar pessoas, onde se vê imenso sangue e etc...

A segunda temporada inicia-se com o grupo de Rick constítuido por Daryl Dixon, Lori, Carl, Andrea, Carol, T-Dog, Shane, Carol, Sophia, Glenn e Dale a fugir de uma terrível explosão no CCD, onde lá ficaram alguns dos seus amigos que não aguentavam mais fugir.

Eles ficam sem rumo e decidem partir para Fort Benning, onde acham que é seguro. Eles vão pela Interestadual 85, onde existe um enorme número de carros destruídos e gente morta.

Enquanto procuram comida e outras coisas úteis, o grupo dá conta que um enorme grupo de "walkers" (zombies) se aproxima. Eles escondem-se rapidamente em baixo de alguns carros e esperam que o grupo passa.

Tudo corre bem, excepto T-Dog que faz um corte enorme no braço e tem uma hemorragia enorme. O grupo de "walkers" afasta-se e Sophia sai de debaixo do carro, mas um walker aparece e Sofia corre para a floresta aos gritos, atraindo alguns walkers que ficaram para trás.

Rick corre atrás de Sophia para a tentar salvar e pede que esta se esconda num sítio que ele indica até ele voltar. Ele vai atrás dos walkers com a intenção de os matar, enquanto Sophia fica escondida, mas esta desobedece à ordem e sai do esconderijo.

Shane está muito alterado nesta temporada. Ele guarda uma fúria enorme dentro de si, devido a Rick, que voltou e fez com que Lori e Carl já não lhe dessem tanta atenção. Shane convence-se que deve matar Rick, para ficar com Lori de volta.

Sophia desaparece e o grupo organiza várias buscas por ela na floresta todos os dias e Daryl participa em todas, pois quer muito encontrar a menina devido a vários episódios parecidos da sua infância. 

Mas numa das buscas, Carl é alvejado sem querer por Otis, que caçava um veado. Rick, Shane e Otis tentam salvar Carl, levando-o para uma quinta próxima sem walkers, onde Otis vive com mais alguns sobreviventes.

O que irá acontecer? Estará tudo bem com Sophia? Conseguirão salvar Carl? Shane conseguirá concretizar o seu desejo obscuro?

Esta temporada é simplesmente fantástica e a entrada das novas personagens é muito boa! Adorei!

 

20916630_852581441564418_1179582757_n.png

18
Jan18

Resenha da 1ª Temporada da Série "The Walking Dead"

João Jesus e Luís Jesus

the-walking-dead-poster.jpg

Hoje trago a resenha da primeira temporada de uma das série mais faladas do momento.

Confesso que já fui grande fã do seu spinn-off, "Fear The Walking Dead", mas começou a ser tão repetitivo, tão maçador que deixei de ver.

Mas agora, devido a uma série de jogos da Telltale Games (Para quem não conhece, esta companhia produz jogos de point-and-click, jogos em que tu decides o rumo da tua história. Sou um grande fã!) com o mesmo nome da série: "The Walking Dead".

Como a última temporada do jogo, sim porque os jogos de point-and-click são divididos em temporadas, ainda não saiu, resolvi atrever-me a ver outra vez o primeiro episódio da série "The Walking Dead", porque eu já tinha visto uma vez o primeiro episódio mas foi há muito tempo.

Conclusão: adorei! Fiquei completamente preso à série e em dois dias acabei a primeira temporada, de apenas seis episódios. Não tem quase nada de parecido com o início da série "Fear The Walking Dead".

Recomendo muito, mas tenham cuidado, pois existem cenas que são quase para vomitar.

A série começa com Rick numa gasolineira à procura de combustível. Estão muitos carros parados e atravessados nos caminhos e vê-se um grande rasto de destruição. 

Ele não encontra combustível e quando se prepara para se ir embora, vê uma criança com um urso de peluche na mão e a fugir dele. Ele chama por ela e quando ela se vira, ele repara que ela é um zombie. 

Para a matar, ele dá-lhe um tiro na cabeça.

A cena muda e deparamo-nos com Rick e o seu amigo Shane no carro da políca, pois ambos trabalham lá. Eles estão a almoçar e a falar sobre mulheres e é aí que recebem um aviso que dois homens estão em fuga.

Eles conseguem chegar a tempo à estrada onde os dois homens se preparam para ir e conseguem fazer com que o carro pare.

Os dois homens começam um tiroteio entre a polícia e eles. Rick consegue alvejar os dois com ajuda de Shane e os seus colegas, mas de repente aparece um terceiro homem que o alveja. Rick desmaia.

Passado algum tempo, Rick acorda na cama do hospital, passado muito tempo desde o acidente. Ele esteve em coma.

Ele chama por ajuda mas ninguém o ouve. Ele levanta-se da cama e quando sai do quarto depara-se com uma enorme destruição no hospital e muito silêncio.

Ele tenta sair do hospital, mas depara-se com um aviso estranho numa porta que diz que tem mortos dentro e para não abrir. Ele vê umas mãos estranhas e ouve grunhidos.

Ele foge para o exterior e aí descobre que quase todos estão mortos e que existem umas criaturas estranhas a que chamam "walkers" que comem as pessoas. Rick decide que tem de encontrar a sua mulher e o seu filho o mais cedo possível.

Uma coisa onde fiquei surpreso foi que os zombies são caracterizados como lentos, estúpidos e essas coisas assim, mas em "The Walking Dead" eles correm e até lançam pedras aos vidros das lojas.

Mas mesmo assim, recomendo muito esta série, pois até é interessante.

 

20916630_852581441564418_1179582757_n.png

Mais sobre nós

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

João Jesus

Chamo-me João Jesus. Sou escritor e blogger! Sou português e habito num concelho do distrito de Vila Real! A leitura, a escrita e o filme são as minhas grandes paixões.

letrasaventureiras@sapo.pt

Luís Jesus

Chamo-me Luís Jesus. Sou ilustrador e blogger. Adoro ilustração e tecnologia. Apesar de ser ainda novo, o meu sonho é licenciar-me em engenharia informática e visitar países como a Austrália, Singapura, China e EUA.

letrasaventureiras@sapo.pt

Direitos de Autor

Plágio é CRIME! Não me importo que utilizem os meus textos desde que os identifiquem com o nome pelo qual os escrevo ou o link do blogue. As fotografias que utilizo são retiradas da internet, no entanto, se houver alguma fotografia com direitos de autor: estes não serão esquecidos. Obrigada!

Autora do Banner

DESIGNED BY JOANA ISABEL