Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Letras Aventureiras | Por João e Luís Jesus

De João Jesus e Luís Jesus, nomeados os mais jovens escritores portugueses em 2016.

31
Mar18

Resenha da 7ª Temporada da Série "Supernatural"

João Jesus e Luís Jesus

Supernatural_Season_7_BRCover.jpg

E finalmente! F-I-N-A-L-M-E-N-T-E acabei esta temporada!

Estava a ver que nunca mais! Detestei esta temporada, apenas gostei de poucos episódios. Esta temporada deixou-me muito desinteressado nesta série que eu adoro, mas fiz um esforço e tentei vê-la e não me arrependi do final desta.

O final foi bom e algumas cenas da temporada também, mas achei-a muito parada e os Leviatãs estavam a deixar-me cansado, porque praticamente nunca morrem e são uma praga enorme, mas aparecem só de vez em quando e não deram muita importância a esta ameça.

Bem, mas mesmo assim, já comecei a 8ª temporada e estou a adorar. 

E também, mesmo assim, recomendo esta série! É muito boa, exceto a 6ª e 7ª temporada que foram uma seca, para mim. E vi resenhas que dizem que as próximas temporadas são muito muito boas.

A 7ª temporada começa após Castiel tentar libertar as almas do Purgatório de volta para este. Mas tudo corre mal e os Leviatãs que estão dentro de si, assumem o controlo do corpo deste e libertam-se na Terra. 

Castiel morre, devido ao enorme abuso de poder que os Leviatãs usaram quando estavam no seu corpo.

Sam começa a ver Lúcifer em tudo que é lugar e fica quase louco. Bobby e Dean tentam salvar Castiel, mas sem sucesso. Crowley volta ao Inferno, pois já se viu livre de Castiel, que era como seu patrão.

O Céu está totalmente desordenado, devido à morte de Castiel, pois este tinha-se declaro o novo Deus e tinha morto todos os seus opositores.

Castiel liberta os Leviatãs num local de abastecimento de água e estes espalham-se por toda a América.

Dean, Sam e Bobby decidem que têm de os caçar um a um, mas têm dificuldades, pois estes não morrem de nenhuma maneira e estes conseguem transformar-se em um monte de coisas. 

Eles começam a perceber que têm de os matar, pois estes começam a devorar grande parte da população. 

Até que conhecem o chefe de todos os Leviatãs, Dick Roman, um empresário poderoso que começa a comprar todas as empresas possíveis de alimentação, para tentar dominar todos os humanos através de uma toxina que introduzem na comida.

Será que os irmãos Winchester conseguem acabar com esta ameaça? 

Digo já, esta temporada é uma das mais secas, mas começa a ser depois de alguns episódios.

 

20916630_852581441564418_1179582757_n.png

 

 

05
Dez17

Resenha da Sexta Temporada da Série "Supernatural"

João Jesus e Luís Jesus

Promo_pic_season_6.jpg

Demorou mas consegui!

Para quem não sabe, tenho vindo a acompanhar esta série com vocês por perto. 

Nas férias, comecei a ver uma série chamada "Supernatural", uma série muito bem aclamada nos Estados Unidos. Em pouco tempo vi seis temporadas, até que o pior inimigo de alguém que adora ver filmes, ler e assistir séries, chegou.

A escola! Porquê? 

Demorou cerca de quatro meses para assistir a uma temporada de vinte e dois episódios! Porquê? Porque no nono ano são imensos os trabalhos de casa, testes e tanta, tanta coisa que mal se tem tempo para outras coisas!

Mas pronto, consegui, finalmente, assistir à sexta temporada da fantástica série "Supernatural".

Foi uma temporada fantástica, mas não gostei muito do seu início, devido ao regresso de certas personagens da série, nomeadamente o avô dos irmãos Winchester, o Samuel Campbell.

Detesto o homem! Nunca gostei dele! Fiquei tão feliz quando ele foi desta para melhor outra vez! 

Foi uma temporada muito divertida de se assistir! Episódios divertidos, uma trama encantadora e o fim desta, foi fantástico mas ao mesmo tempo revoltante.

Continuo a recomendar muito esta série para quem gosta de série de fantasia.

Na quinta temporada, Sam conseguiu prender Lúcifer e ao mesmo tempo o arcanjo Miguel no Inferno. Sam aceitou que Lúcifer entrasse no seu corpo e depois, este atirou-se a si e ao malvado diabo para o Inferno, levando ao mesmo tempo Miguel.

Dean desistiu de tentar trazer Sam de volta e recomeçou uma vida normal junto de Lisa e Ben. Passou-se algum tempo e Dean não tem notícias nem de Bobby, nem de Castiel, que retornou ao Céu, para tentar manter a ordem.

Um dia, Dean é surpreendido por um monstro e é salvo por Sam.

Dean não sabe como Sam saiu do Inferno. Sam não se lembra de nada e parece diferente.

Eles retornam à vida de caçadores e contactam Castiel, para este lhes contar o que aconteceu com Sam, mas este não sabe quem o tirou do Inferno.

Sam conta a Dean que o seu avó, Samuel, também voltou à vida. 

Sam e Dean encontram-se com Sam, que reuniu os restantes Campbell para umas grandes caçadas. 

Eles descobrem que existe um grande covil de vampiros que aumenta cada vez mais. Eles exploram o covil e nos próximos episódios, Sam e Dean descobrem que existe um Alfa Vampiro que diz ter grandes planos para os Winchester.

Mas Dean nota que Sam está diferente. Ele parece não se importar com absolutamente nada e está cada vez mais, um melhor caçador.

Dean convoca Castiel e este descobre que Sam não tem alma e esta ficou na jaula com Lúcifer e Miguel, porém, Castiel não a quer recuperar, pois a alma tem consigo as memórias do tempo que este passou com eles na jaula e isso poderia matar Sam. 

Durante a temporada, Dean consegue recuperar a alma de Sam, mas este não a quer receber e vai tentar fazer tudo para não voltar a ter uma alma, pois acredita que isso o deixa fraco.

Mas o grande mistério da temporada é que muitos monstros estão a aparecer na Terra e Crowley quer caçar os monstros mais poderosos de todos para supostamente ter as suas almas para fazer algo muito importante.

Esta temporada foi muito misteriosa, mas muito boa! O fim deixou-me muito furioso!

Recomendo muito esta série.

 

20916630_852581441564418_1179582757_n.png

09
Set17

Resenha da 5ª Temporada de "Supernatural"

João Jesus e Luís Jesus

Supernatural_S5_Poster_01.jpg

 A quarta temporada acabou muito bem, no meu ponto de vista! Mas começou a quinta temporada muito mal para Sam e Dean Winchester! 

A quarta temporada foi uma temporada fantástica, cheia de mistérios e novas criaturas. Mas a quinta, também é muito boa!

Adorei esta temporada, mas teve alguns episódios que achei estranhos, pois esta temporada foca-se no Apocalipse e existem episódios fechados que eles não dão a mínima para isso e nem se nota que o mundo está a chegar ao fim.

A quinta temporada introduziu novas perosnagens, como o demónio Crowley e Lúcifer. Gostei muito de ambos! 

Esta temporada fecha o arco principal da história, pois Eric Kripke (o criador da série), planeou a série para apenas cinco temporadas e decidiu terminar a história principal nesta temporada. Mas a série teve um aumento de espectadores e então a CW (canal responsável por emitir a série) renovou a série para mais uma temporada. Mas Eric Kripke saiu do seu cargo e até agora, apenas ajuda um pouco na escrita e direção de alguns episódios.

Esta temporada começou com o ínicio do Apocalipse. Os anjos enganaram os Winchester. Estes queriam começar o apocalipse para limpar o mundo dos humanos e ter uma população divina, em que Deus só os pudesse adorar a eles, pois Deus preferia os humanos aos anjos.

Sam ficou viciado no sangue de demónio por causa de Ruby, e esta enganou-o. Ruby apoiava Lúcifer e mentiu a Sam, que se matasse Lilith, os selos não poderiam ser quebrados.

Sam mata Lilith e quebra o último selo da jaula de Lúcifer. Ao acontecer isso, o Apocalipse começa.

Dean e Sam ficam presos na sala onde Lúcifer se começa a erguer e de repente, estão num avião, um pouco longe do sítio onde estavam.

Dean está zangado com Sam por este não lhe ter dado ouvidos à cerca de Ruby. A relação entre os irmãos fica muito má.

Eles vão ter com o profeta Chuck, para tentar saber alguma coisa sobre Castiel, que desapareceu depois de avisar Dean que os anjos queriam o Apocalipse.

Chuck conta que Castiel foi morto por ter traído os anjos, mas não pode dizer muito mais, pois está a ser vigiado pelos anjos. 

Para não correrem riscos, Chuck envia uma fã dos livros "Supernatural", chamada Becky, que conta aos irmão que os anjos estão à procura da espada de Miguel, a única coisa que pode matar Lúcifer. Becky conta que Chuck ouviu uma pista sobre a localização da espada.

Sam e Dean tentam descodificar a pista, mas dão de caras com Meg, que possuiu Bobby. Bobby consegue controlar o corpo por uns segundos e esfaqueia-se, fazendo Meg sair do seu corpo. Os irmãos conseguem descodificar a pista e descobrem a localização secreta.

Sam e Dean partem para essa localização, mas são surpreendidos por Zacarias. Estes fez Chuck ver essa localização para os irmãos se encontrarem com ele. 

Zacarias explica que a espada de Miguel está em Dean e que este precisa dizer "Sim" a Miguel, para este o possuir e matar Lúcifer. Dean recusa e Zacarias ameaça matar Sam e então, começa a torturar os irmãos.

Castiel aparece milagrosamente e confronta Zacarias, revelando que Deus o ressuscitou e que também colocou os irmãos naquele avião. Zacarias desaparece e Castiel faz uma espécie de feitiço nos dois irmãos, colocando umas runas nas suas costelas, que os protege dos anjos e assim estes, não os conseguem localizar.

Bobby está no hospital e revela aos irmão que ficou com lesões muito graves, ficando numa cadeira de rodas.

Sam e Dean concordam que já não podem confiar muito um no outro e separam-se.

Lúcifer está em busca do seu recepiente, que é Sam, mas como Lúcifer ainda é um anjo, precisa que Sam diga "Sim". Em vez disso, Lúcifer arranja um recepiente temporário, num homem chamado Nick, mas como não é o recepiente destinado, este começa a deteriorar-se com o tempo.

Será que os irmãos conseguirão parar o Apocalipse e matar Lúcifer?

Esta temporada é muito boa! Adorei! Tem episódios muito divertidos e como tudo, alguns muito aborrecidos.

 

07
Set17

Resenha da 4ª Temporada da Série "Supernatural"

João Jesus e Luís Jesus

Supernatural_Season_4_BRCover_2.jpg

 Ok, eu estava mesmo ansioso por ver esta temporada! 

E porquê? Porque é considerada a melhor temporada de todas de "Supernatural" e porque introduz a personagem preferida de todos os fãs da série: Castiel!

Eu adorei esta temporada! Fantástica! E claro, também adorei o Castiel, mas gosto mais dele na quinta temporada, pois na quarta ele é um pouco sério.

E outra vez, eu estou a fazer a resenha da quarta temporada, mas também já terminei a quinta! Ambas as temporadas estão fantásticas!

Esta temporada contou com muitas novas personagens e todas com uma história muito boa, como Castiel, Chuck, Uriel, Anna e Alastair.

Existem episódios que achei um pouco desnecessários, mas todos têm uma boa história! Adorei também o episódio em que revelaram o profeta Chuck, que escreve uma coleção de livros chamada "Supernatural", que no fundo, é o evangelho dos Winchester! Adorei!

O final da temporada foi bom, mas deixou-me com uma grande vontade de dar um murro na cara de algumas personagens, quem já viu, sabe bem de quem eu estou a falar!

A terceira temporada foi focada em Dean a tentar acabar com o pacto que fez com o Demónio da Encruzilhada, para este trazer Sam de volta à vida em troca da alma de Dean, em que este só poderia ficar mais um ano na Terra.

Sam e Dean não conseguem quebrar o pacto e no final da temporada, Dean é arrastado pelos cães do inferno e morre.

A quarta temporada começa mesmo aí. Dean está no inferno e de repente, vê uma luz branca e enorme. Do nada, ele saí do seu caixão e repara que está de volta à vida, mas o campo onde fora enterrado, está destruído, como se um meteoro tívesse caído.

Dean procura contactar Sam e Bobby, mas não consegue. Faminto e com sede, ele assalta uma loja, onde rouba tudo o que lhe faz falta.

De repente, ele começa a ouvir um zunido muito alto e este parte os vidros. Dean grita e tapa os ouvidos. O ruído para e ele fica surpreendido. Será que ainda está no inferno?

Ele rouba algum dinheiro e contacta Bobby, numa cabine de telefone. Bobby estranha o telefonema, mas Dean viaja até Bobby.

Bobby fica assustado e faz várias coisas a Dean, para ver se ele é um demónio, mas dá tudo errado, pois Dean é humano. Dean apenas tem uma marca de uma mão no seu braço, parecida com uma queimadura.

Bobby e Dean acham que Sam fez alguma coisa, por isso tentam encontrar Sam.

Sam voltou a caçar sem Dean, pois achava que este não poderia voltar. Eles confrontam Sam, mas este revela que não fez nada.

Então, eles descobrem que podem estar a lidar com algo muito poderoso e pedem ajuda a uma vidente amiga de Bobby.

Esta contacta o espírito de quem retirou Dean do inferno e este revela ser um anjo chamado Castiel. A vidente tenta ver o seu rosto, mas os seus olhos queimam e ela fica cega.

Depois, Castiel revela a sua forma humana e diz a Dean que os Céus têm grandes planos para ele, e um deles é impedir Lilith de quebrar os selos, que libertam Lúcifer da sua prisão.

Também descobrimos que Ruby voltou e esta treina Sam para ele matar Lilith, dando sangue de demónio. Assim, Sam consegue ter os seus poderes amplificados, mas também fica viciado no sangue.

Esta temporada introduz a temática dos anjos e Deus. Está uma temporada muito boa!

Por isso, se quiserem ver uma série grande com episódios divertidos, eu recomendo "Supernatural"! Não se vão arrepender! 

 

31
Ago17

Resenha da 3ª Temporada da Série "Supernatural"

João Jesus e Luís Jesus

Supernatural_Season_3_BRCover.jpg

 E bem, mais uma temporada terminada desta fantástica série... Quero dizer, mais uma resenha aqui no blog, pois eu já acabei também a quarta temporada e brevemente chega resenha dessa! Estou mesmo viciado nesta série!

Diziam que esta temporada era a pior de todas, devido ao corte de episódios por causa da greve dos produtores e também que devido ao corte de episódios, esta temporada era um pouco sem sentido.

Eu gostei desta temporada! Não tanto como as outras, mas gostei! Trouxe muito bons episódios cómicos e ri-me a valer nesta terceira temporada.

As personagens desta temporada também me conquistaram, como a Ruby (mas isso muda com esta personagem na quarta temporada, sacana!), a Bela e Lilith. Claro que se não ouvesse o corte de episódios, as histórias destas personagens iriam ser mais aprofundadas, mas não deu!

E como sempre, uma temporada de Supernatural começa bem e acaba de uma maneira épica, para irmos a correr ver a próxima temporada! Foi o que me aconteceu.

Uma das coisas que menos gostei nesta temporada, foi a entrada da série. Parecia muito mais antiga do que a da primeira temporada! Detestei! É mesmo a pior de todas.

Continuando, mesmo que seja uma tempora "má" em termos de história, é super engraçada! Não desistam de ver.

A segunda temporada acabou com Dean a matar Azazel (o demónio dos olhos amarelos), com a Colt. Mas Azazel tinha aberto os Portões do Inferno, soltando vários espíritos demoníacos do Inferno. 

Dean, Sam, Bobby e Ellena conseguem fechar os portões antes que mais demónios saiam, mas mesmo assim, centenas de demónios escaparam do inferno e Dean e Sam têm que os caçar.

Mas o principal foco desta temporada é o pacto de Dean. Sim, Dean fez um pacto com o Demónio da Encruzilhada para que este trouxesse Sam de volta à vida, pois uma das crianças especiais de Azazel matou-o.

Em troca disso, o demónio dá um ano de vida a Dean. A temporada inteira é passada em busca de algo que disfaça o pacto.

Nessa busca, Sam nota que uma rapariga loira o persegue. Ele confronta-a e ela revela ser um demónio bom, chamado Ruby e ela promete ajudá-lo com os seus poderes demoníacos que Azazel lhe deu quando este era bebé.

Dean tenta aproveitar ao máximo o seu último ano de vida e desiste de procurar algo que quebre o acordo, pois o demónio avisou-o que se tentassem alguma coisa para quebrar o contrato, Sam caíria morto. 

Porém, está a acontecer algo muito poderoso na Terra por causa da abertura dos Portões do Inferno. Existe um demónio muito antigo, poderoso e que quer matar Sam, chamado Lilith e esta é que tem o contrato de Dean e este só se quebra se a matarem.

Mas isso não vai ser tão fácil, pois a Colt foi roubada por Bela, uma caçadora de relíquias. Ela consegue roubar a Colt e vendê-la a alguém. Essa Bela vai dar muitas dores de cabeça, mas é uma personagem divertida.

O final é mesmo muito bom e deixa-nos ansiosos por assistir à próxima temporada, que neste caso, eu já assisti!

Vejam, pois esta temporada tem um dos episódios mais engraçados de todos! 

 

 

 

Mais sobre nós

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

João Jesus

Chamo-me João Jesus. Sou escritor e blogger! Sou português e habito num concelho do distrito de Vila Real! A leitura, a escrita e o filme são as minhas grandes paixões.

letrasaventureiras@sapo.pt

Luís Jesus

Chamo-me Luís Jesus. Sou ilustrador e blogger. Adoro ilustração e tecnologia. Apesar de ser ainda novo, o meu sonho é licenciar-me em engenharia informática e visitar países como a Austrália, Singapura, China e EUA.

letrasaventureiras@sapo.pt

Direitos de Autor

Plágio é CRIME! Não me importo que utilizem os meus textos desde que os identifiquem com o nome pelo qual os escrevo ou o link do blogue. As fotografias que utilizo são retiradas da internet, no entanto, se houver alguma fotografia com direitos de autor: estes não serão esquecidos. Obrigada!

Autora do Banner

DESIGNED BY JOANA ISABEL