Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Letras Aventureiras | Por João e Luís Jesus

De João Jesus e Luís Jesus, nomeados os mais jovens escritores portugueses em 2016.

09
Nov17

Resenha do filme "O Herói de Hacksaw Ridge"

João Jesus e Luís Jesus

MV5BMjQ1NjM3MTUxNV5BMl5BanBnXkFtZTgwMDc5MTY5OTE@._

 Esta semana tive o prazer de assistir a um filme que eu queria muito assistir.

Não sei se sabem, mas a minha disciplina preferida é História! Adoro História!

Então, no outro dia eu estava a pesquisar alguns filmes em que um dos meus atores preferidos participa (Nathaniel Buzolic) e encontrei um que eu já conhecia pelo título.

Este filme ganhou vários Óscares, então eu fui ver a sinopse do mesmo. E era um filme sobre os Americanos no período da Segunda Guerra Mundial!

Vi alguns trailers, li algumas críticas e cheguei à conclusão que o tinha mesmo de ver.

"O Herói de Hacksaw Ridge" é um filme de 2016 e eu acho que é um filme maravilhoso. Gostei muito do filme, mas a sua parte final foi um pouco cansativa. 

Também fiquei um pouco triste com a participação de Nathaniel Buzolic, que só participou no filme durante uns míseros cinco minutos, como irmão da personagem principal. Mas pronto, ainda apareceu num filme premiado!

Este filme retrata uma história verídica. 

"O Herói de Hacksaw Ridge" fala sobre Desmond Doss, um rapaz de uma família conhecida. O seu pai tinha andado na Guerra e todos os dias, este visitava o cemitério para contar algumas novidades aos seus amigos mortos na Guerra.

Desmond gosta de ajudar os outros, principalmente depois de um grave acidente quando era criança, em que quase matou o seu irmão com um tijolo na cabeça. Desmond começa a querer ajudar todas as pessoas que necessitam de ajuda.

Um dia, um homem fica preso debaixo de um carro e Desmond consegue retirá-lo, acompanhando-o até ao hospital. 

Lá, Desmond conhece uma enfermeira chamada Dorothy. Eles falam durante alguns minutos e Desmond apaixona-se por ela. 

Eles começam a aproximar-se cada vez mais e Desmond revela que sempre quis ser médico. Dorothy empresta-lhe alguns livros e este começa a aprender cada vez mais sobre a medicina.

Um dia, chega à sua cidade, as inscrições para se alistarem no exército. Sem dizer nada, o irmão de Desmond inscreve-se e revela à família ao jantar.

O seu pai fica furioso, pois eles podiam escolher entre lutar ou ficar em segurança em casa.

Desmond pensa naquilo a noite toda, enquanto ouve a sua mãe e o seu pai discutirem, como faziam todas as noites. No dia seguinte, Desmond alista-se no exército como médico.

Ele conta a Dorothy, que fica devastada. Esta oferece-lhe a sua bíblia com a sua foto e promete casar-se com ele antes deste ir para a Guerra.

Nos treinos do exército, Desmond arranja problemas. É alvo de gozo dos colegas, pois Desmond recusa-se a agarrar numa arma, por causa do incidente de infância. Desmond quer apenas ajudar os outros, sem ter de agarrar em alguma arma e também quer ter folga ao sábado, para rezar.

Mas isso não é fácil, Desmond terá de atravessar muitos obstáculos para conseguir o que quer.

Recomendo a visualização deste filme, mas só a pessoas que consigam ver cenas muito fortes, como bichos a comerem corpos e membros de corpos a saltarem com as explosões.

Recomendo mesmo muito, pois é um filme incrível com a participação de Andrew Garfield, Vince Vaughn e Teresa Palmer. 

 

20916630_852581441564418_1179582757_n.png

13
Out17

Resenha do filme "Batman V Superman - O Despertar da Justiça"

João Jesus e Luís Jesus

batman-v-superman-dawn-of-justice-6bcplvkhowcjthxw

 Uma palavra...Adorei!

Devo dizer que fiquei apaixonado pelo Universo da DC Comics! Acho que gosto mais dos seus filmes do que gosto dos da Marvel, mas esta também tem filmes muito bons, como "Deadpool" e "Guardiões da Galáxia" que eu adoro.

Mal acabei de ver "Homem de Aço", fiquei muito ansioso por ver "Batman V Superman - O Despertar da Justiça", porque o anterior foi muito bom!

Bem, este filme recebeu "prémios" de pior roteiro e pior filme, mas eui achei que o filme ainda estava melhor que o anterior! Eu adorei!

Gostei da história, do elenco e estou morto por ver "Mulher Maravilha" e "Liga da Justiça". Mal posso esperar!

Por isso, recomendo muito a visualização deste filme, assim como todos os novos filmes da DC, estão maravilhosos!

Este filme foca-se principalmente em Bruce Wayne (Batman), que quer vingar-se do Super-Homem, pois este trouxe ainda mais crimes e destruição desde que se revelou aos terrestres.

Temos também nos créditos iniciais do filme, a história de Bruce Wayne, tão bem conhecida por aqueles que viram os filmes de "Batman", como eu. 

O filme começa em Metropolis, quando Zod estava a tentar destruir a Terra para criar a nova Krypton. Bruce Wayne chega a Metropolis para ajudar um amigo que trabalha na sua empresa.

A destruição é imensa e Bruce atravessa uma enorme parede de pó devido à queda do edíficio da sua empresa. Bruce ajuda uma criança em perigo e de repente, vê o seu amigo.

Ele está debaixo de uma parede, mas ainda vivo. Ele diz não sentir as pernas.

Bruce consegue mover a parede com ajuda e salva o amigo, porém este não consegue voltar a andar.

Bruce culpa o Super-Homem por todas estas desgraças e promete vingança, pois este destrói cada vez mais a Terra.

Passam-se meses e em Gotham, a atividade criminal começa a ser maior. Batman captura cada vez mais criminosos, marcando-os com o seu morcego. Depois na prisão, Bruce dá ordem a alguém da sua confiança para matar esse criminoso.

Clark (Super-Homem) trabalha agora no Daily Planet, com a sua amada Lois. Lois é enviada para a Arábia para investigar um caso estranho.

A meio da entrevista na Arábia, Lois é atacada de surpresa pelo grupo entrevistado, que é terrorista. A CIA ordena que destruam a zona, mas o Super-Homem chega e destrói o missil e salva Lois.

Porém, alguém mata a maioria das pessoas naquela cidade, atirando as culpas para o Super-Homem.

Este começa a ser mal visto pela sociedade e estes querem que ele assuma os seus crimes.

Lex Luthor, um grande empresário, tenta convencer a senadora June Finch a aceitar que ele transporte uma grande pedra de kryptonite, uma pedra radioativa que é como venenosa para os kryptonianos, como o Super-Homem. Esta pedra apareceu algures no Índico, depois de Zod tentar transformar a terra em Krypton.

Bruce quer vingança pela morte de muitos humanos e começa a formar um plano contra Super-Homem. 

Será que Bruce conseguirá vingança? Irá o Super-Homem admitir os seus erros? O que pretende Lex Luthor?

Este filme é muito longo, mas divertido de ver! Recomendo muito!

 

20916630_852581441564418_1179582757_n.png

10
Out17

Resenha do filme "Homem De Aço"

João Jesus e Luís Jesus

man-of-steel-poster-3.jpg

 Há dois dias, resolvi ver um filme que já queria ver há muito tempo.

É o primeiro filme da série de filmes "Liga da Justiça", que contém os filmes "Batman Vs Super-Homem", "Esquadrão Suícida", "Mulher-Maravilha" e futuramente "Liga da Justiça".

Como quero muito ver o filme "Mulher-Maravilha", decidi começar a ver esta série de filmes do ínicio, para perceber melhor a história.

Então, claro, comecei pelo príncipio, o filme "Homem de Aço"

Devo dizer que gostei muito do filme. Uma história boa, personagens fortes e tem tudo para dar uma boa série de filmes, se bem que já vi "Esquadrão Suícida" e não gostei muito...

Recomendo a visualização do filme! Fez-me lembrar muito a época em que via os desenhos animados do Super-Homem quando era criança.

O filme começa no planeta Krypton, onde vivem os kriptonianos. 

O seu planete está prestes a morrer, pois os kriptonianos eram muito avarentos, e quando ficaram sem recursos, começaram a extrair do núcleo de Krypton, fazendo com que este começasse a morrer.

O planeta tem umas horas de vida.

Enquanto isso, nasce uma criança por gestação normal em Krypton. É a última criança nascida normalmente em Krypton em mais de cem anos.

Jor-El é o seu pai. Jor-El é o maior cientista de Krypton, mas preveniu o governo de não extrair matéria do núcleo. Porém estes não o ouviram.

Jor-El vai ter com os membros de poder de Krypton, mas de repente, eles são atacados por um grupo liderado por Zod, um amigo de Jor-El, que ficou cada vez mais sombrio.

Zod quer liderar Krypton, mas Jor-El enfrenta-o. Zod fica furioso com o que Jor-El lhe diz e manda-o prender. 

Poré, Jor-El consegue surpreender os guardas e foge para sua casa, onde concorda com a mulher que precisam de mandar o seu filho para um lugar seguro, pois ele é a única esperança de Krypton.

Jor-El rouba o Códex, um objeto muito poderoso que pode trazer o bem nas mãos certas e o mal nas erradas. Jor-El passa o Códex para o ADN do seu filho e manda-o para a Terra, para este se salvar.

Zod mata Jor-El quando o bebé parte para a Terra, mas Zod é capturado pelos membros de poder de Krypton. Ele e o seu grupo são presos e os kriptonianos decidem que estes devem partir para a Zona Neutra, um sítio em que eles ficam como congelados eternamente.

Krypton explode e com ele, todos os kriptonianos morrem.

O bebé chega à Terra, são e salvo e é acolhido por uma família de agricultores em Smallvile.

Porém, desde muito cedo que este começa a ter problemas. Os pais dão-lhe o nome de Clark e proíbem-no de usar os seus poderes, mas este usa-os em situações desesperadas, como grandes catástrofes.

Clark quer ser livre e saber as suas origens. Ele descobre um trabalho no Ártico, onde existe um objeto estranho feito de metal que está soterrado debaixo de muito gelo e este tem milhares de anos.

Clark parte em busca desse objeto e conhece Lois Lane, uma jornalista famosa que gosta de situações perigosas. Ele consegue chegar ao objeto estranho e entra nele.

Lá, ele fala com Jor-El, mas não é mesmo ele, apenas as suas memórias. Lois segue Clark e é atacada por um robot.

Clark salva-a com os seus olhos laser e esta fica surpreendida.

Ao entrar na nave, Clark emitiu um sinal para o espaço e um perigo enorme aproxima-se da Terra, com intenção de destruir Clark.

É um filme muito bom! Têm de ver! 

 

20916630_852581441564418_1179582757_n.png

09
Set17

Resenha da 5ª Temporada de "Supernatural"

João Jesus e Luís Jesus

Supernatural_S5_Poster_01.jpg

 A quarta temporada acabou muito bem, no meu ponto de vista! Mas começou a quinta temporada muito mal para Sam e Dean Winchester! 

A quarta temporada foi uma temporada fantástica, cheia de mistérios e novas criaturas. Mas a quinta, também é muito boa!

Adorei esta temporada, mas teve alguns episódios que achei estranhos, pois esta temporada foca-se no Apocalipse e existem episódios fechados que eles não dão a mínima para isso e nem se nota que o mundo está a chegar ao fim.

A quinta temporada introduziu novas perosnagens, como o demónio Crowley e Lúcifer. Gostei muito de ambos! 

Esta temporada fecha o arco principal da história, pois Eric Kripke (o criador da série), planeou a série para apenas cinco temporadas e decidiu terminar a história principal nesta temporada. Mas a série teve um aumento de espectadores e então a CW (canal responsável por emitir a série) renovou a série para mais uma temporada. Mas Eric Kripke saiu do seu cargo e até agora, apenas ajuda um pouco na escrita e direção de alguns episódios.

Esta temporada começou com o ínicio do Apocalipse. Os anjos enganaram os Winchester. Estes queriam começar o apocalipse para limpar o mundo dos humanos e ter uma população divina, em que Deus só os pudesse adorar a eles, pois Deus preferia os humanos aos anjos.

Sam ficou viciado no sangue de demónio por causa de Ruby, e esta enganou-o. Ruby apoiava Lúcifer e mentiu a Sam, que se matasse Lilith, os selos não poderiam ser quebrados.

Sam mata Lilith e quebra o último selo da jaula de Lúcifer. Ao acontecer isso, o Apocalipse começa.

Dean e Sam ficam presos na sala onde Lúcifer se começa a erguer e de repente, estão num avião, um pouco longe do sítio onde estavam.

Dean está zangado com Sam por este não lhe ter dado ouvidos à cerca de Ruby. A relação entre os irmãos fica muito má.

Eles vão ter com o profeta Chuck, para tentar saber alguma coisa sobre Castiel, que desapareceu depois de avisar Dean que os anjos queriam o Apocalipse.

Chuck conta que Castiel foi morto por ter traído os anjos, mas não pode dizer muito mais, pois está a ser vigiado pelos anjos. 

Para não correrem riscos, Chuck envia uma fã dos livros "Supernatural", chamada Becky, que conta aos irmão que os anjos estão à procura da espada de Miguel, a única coisa que pode matar Lúcifer. Becky conta que Chuck ouviu uma pista sobre a localização da espada.

Sam e Dean tentam descodificar a pista, mas dão de caras com Meg, que possuiu Bobby. Bobby consegue controlar o corpo por uns segundos e esfaqueia-se, fazendo Meg sair do seu corpo. Os irmãos conseguem descodificar a pista e descobrem a localização secreta.

Sam e Dean partem para essa localização, mas são surpreendidos por Zacarias. Estes fez Chuck ver essa localização para os irmãos se encontrarem com ele. 

Zacarias explica que a espada de Miguel está em Dean e que este precisa dizer "Sim" a Miguel, para este o possuir e matar Lúcifer. Dean recusa e Zacarias ameaça matar Sam e então, começa a torturar os irmãos.

Castiel aparece milagrosamente e confronta Zacarias, revelando que Deus o ressuscitou e que também colocou os irmãos naquele avião. Zacarias desaparece e Castiel faz uma espécie de feitiço nos dois irmãos, colocando umas runas nas suas costelas, que os protege dos anjos e assim estes, não os conseguem localizar.

Bobby está no hospital e revela aos irmão que ficou com lesões muito graves, ficando numa cadeira de rodas.

Sam e Dean concordam que já não podem confiar muito um no outro e separam-se.

Lúcifer está em busca do seu recepiente, que é Sam, mas como Lúcifer ainda é um anjo, precisa que Sam diga "Sim". Em vez disso, Lúcifer arranja um recepiente temporário, num homem chamado Nick, mas como não é o recepiente destinado, este começa a deteriorar-se com o tempo.

Será que os irmãos conseguirão parar o Apocalipse e matar Lúcifer?

Esta temporada é muito boa! Adorei! Tem episódios muito divertidos e como tudo, alguns muito aborrecidos.

 

07
Set17

Resenha da 4ª Temporada da Série "Supernatural"

João Jesus e Luís Jesus

Supernatural_Season_4_BRCover_2.jpg

 Ok, eu estava mesmo ansioso por ver esta temporada! 

E porquê? Porque é considerada a melhor temporada de todas de "Supernatural" e porque introduz a personagem preferida de todos os fãs da série: Castiel!

Eu adorei esta temporada! Fantástica! E claro, também adorei o Castiel, mas gosto mais dele na quinta temporada, pois na quarta ele é um pouco sério.

E outra vez, eu estou a fazer a resenha da quarta temporada, mas também já terminei a quinta! Ambas as temporadas estão fantásticas!

Esta temporada contou com muitas novas personagens e todas com uma história muito boa, como Castiel, Chuck, Uriel, Anna e Alastair.

Existem episódios que achei um pouco desnecessários, mas todos têm uma boa história! Adorei também o episódio em que revelaram o profeta Chuck, que escreve uma coleção de livros chamada "Supernatural", que no fundo, é o evangelho dos Winchester! Adorei!

O final da temporada foi bom, mas deixou-me com uma grande vontade de dar um murro na cara de algumas personagens, quem já viu, sabe bem de quem eu estou a falar!

A terceira temporada foi focada em Dean a tentar acabar com o pacto que fez com o Demónio da Encruzilhada, para este trazer Sam de volta à vida em troca da alma de Dean, em que este só poderia ficar mais um ano na Terra.

Sam e Dean não conseguem quebrar o pacto e no final da temporada, Dean é arrastado pelos cães do inferno e morre.

A quarta temporada começa mesmo aí. Dean está no inferno e de repente, vê uma luz branca e enorme. Do nada, ele saí do seu caixão e repara que está de volta à vida, mas o campo onde fora enterrado, está destruído, como se um meteoro tívesse caído.

Dean procura contactar Sam e Bobby, mas não consegue. Faminto e com sede, ele assalta uma loja, onde rouba tudo o que lhe faz falta.

De repente, ele começa a ouvir um zunido muito alto e este parte os vidros. Dean grita e tapa os ouvidos. O ruído para e ele fica surpreendido. Será que ainda está no inferno?

Ele rouba algum dinheiro e contacta Bobby, numa cabine de telefone. Bobby estranha o telefonema, mas Dean viaja até Bobby.

Bobby fica assustado e faz várias coisas a Dean, para ver se ele é um demónio, mas dá tudo errado, pois Dean é humano. Dean apenas tem uma marca de uma mão no seu braço, parecida com uma queimadura.

Bobby e Dean acham que Sam fez alguma coisa, por isso tentam encontrar Sam.

Sam voltou a caçar sem Dean, pois achava que este não poderia voltar. Eles confrontam Sam, mas este revela que não fez nada.

Então, eles descobrem que podem estar a lidar com algo muito poderoso e pedem ajuda a uma vidente amiga de Bobby.

Esta contacta o espírito de quem retirou Dean do inferno e este revela ser um anjo chamado Castiel. A vidente tenta ver o seu rosto, mas os seus olhos queimam e ela fica cega.

Depois, Castiel revela a sua forma humana e diz a Dean que os Céus têm grandes planos para ele, e um deles é impedir Lilith de quebrar os selos, que libertam Lúcifer da sua prisão.

Também descobrimos que Ruby voltou e esta treina Sam para ele matar Lilith, dando sangue de demónio. Assim, Sam consegue ter os seus poderes amplificados, mas também fica viciado no sangue.

Esta temporada introduz a temática dos anjos e Deus. Está uma temporada muito boa!

Por isso, se quiserem ver uma série grande com episódios divertidos, eu recomendo "Supernatural"! Não se vão arrepender! 

 

Mais sobre nós

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

João Jesus

Chamo-me João Jesus. Sou escritor e blogger! Sou português e habito num concelho do distrito de Vila Real! A leitura, a escrita e o filme são as minhas grandes paixões.

letrasaventureiras@sapo.pt

Luís Jesus

Chamo-me Luís Jesus. Sou ilustrador e blogger. Adoro ilustração e tecnologia. Apesar de ser ainda novo, o meu sonho é licenciar-me em engenharia informática e visitar países como a Austrália, Singapura, China e EUA.

letrasaventureiras@sapo.pt

Direitos de Autor

Plágio é CRIME! Não me importo que utilizem os meus textos desde que os identifiquem com o nome pelo qual os escrevo ou o link do blogue. As fotografias que utilizo são retiradas da internet, no entanto, se houver alguma fotografia com direitos de autor: estes não serão esquecidos. Obrigada!

Autora do Banner

DESIGNED BY JOANA ISABEL