Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Letras Aventureiras | Por João e Luís Jesus

De João Jesus e Luís Jesus, nomeados os mais jovens escritores portugueses em 2016.

26
Set17

"Fração de Segundo"

João Jesus e Luís Jesus

touch-2579147_1920.jpg

 Entrou na sala, onde ela estava deitada, muito aconchegada. 

Correu para ela e suspirou quando a viu. 

Ali estava ela. Fraca. Quase morta. A sua filha estava quase a partir.

- Oh meu amor! - Chorou ele, colocando o dedo na sua mãozinha pequena

A bebé pareceu ficar mais descansada e apertou o dedo do pai com a força que lhe restava.

Sem conseguir evitar, ele chorou. As enfermeiras colocaram-lhe uma mão nas costas, mas ele ignorou-as. Elas não podiam salvar o seu maior tesouro.

Olhou para a cara da sua filha. Ele via que ela estava a sofrer. 

De repente, ela abriu os olhos. Olhou para o pai, com os seus pequenos olhos castanhos. Sorriu um pouco, mas a cara foi-lhe tomada por um esgar de dor.

As enfermeiras olharam para o pai e depois para a filha. Estava na hora.

Enquanto chorava cada vez mais, abraçou-a e beijou-lhe a testa. Ela fora a melhor coisa da sua vida.

A sua cara ficou mais relaxada e as máquinas começaram a apitar. Já tinha partido.

Ele fora atacado por um mar de lágrimas. Não conseguia controlar. 

Mas de repente, numa fração de segundo, ouviu algo estranho. Um suspiro, como a sua filha fazia, perto do ouvido.

Ela não tinha partido. Estava consigo. Para sempre.

 

20916630_852581441564418_1179582757_n.png

01
Set17

"Bem-Vindos!"

João Jesus e Luís Jesus

baby-499976_1920.jpg

 - Acorda! - Gritou ela - Já começou!

O marido acordou de repente e muito assustado.

- O que se passa? - Perguntou ele ainda um pouco sonolento

- Estão a nascer! Depressa, temos de ir ao hospital! - Disse ela

Muito velozmente, o marido levantou-se da cama e vestiu algo muito depressa. 

- Consegues ir até ao carro? - Perguntou ele preocupado

Ela afirmou com a cabeça.

A passos um pouco lentos, ela lá conseguiu chegar ao carro.

- Para que hospital? - Perguntou ele um pouco confuso

- Sei lá! O mais próximo. - Disse ela ofegante

Muito atrapalhado, ele ligou o carro e conduziu até ao hospital mais próximo.

Sentia-se feliz mas um pouco atrapalhado. Estavam a nascer os seus filhos!

De vez em quando, a mulher contorcia-se no banco do carro. 

Chegaram muito rápido ao hospital e rapidamente, levaram a mulher para o bloco operatório.

- Eu também posso ir com ela? - Perguntou o marido

A enfermeira olhou para o homem e fez um grande sorriso.

- Mas é claro! - Respondeu ela

Apressado, atrapalhado, nervoso e feliz, ele seguiu a enfermeira.

A sua mulher já se encontrava no bloco operatório e os meninos já estavam quase a chegar. Com um sorriso nervoso, o marido tentava preparar-se para a chegada de mais dois meninos à família.

- Olá! - Sussurrou uma enfermeira para o primeiro bebé

Levaram o bebé até à mãe, para que esta beija-se o menino. Estavam os dois muito felizes!

O segundo já estava nos braços da enfermeira. O marido dirigiu-se a eles.

- Bem-vindos ao mundo! - Disse ele beijando-os

 

Mais sobre nós

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

João Jesus

Chamo-me João Jesus. Sou escritor e blogger! Sou português e habito num concelho do distrito de Vila Real! A leitura, a escrita e o filme são as minhas grandes paixões.

letrasaventureiras@sapo.pt

Luís Jesus

Chamo-me Luís Jesus. Sou ilustrador e blogger. Adoro ilustração e tecnologia. Apesar de ser ainda novo, o meu sonho é licenciar-me em engenharia informática e visitar países como a Austrália, Singapura, China e EUA.

letrasaventureiras@sapo.pt

Direitos de Autor

Plágio é CRIME! Não me importo que utilizem os meus textos desde que os identifiquem com o nome pelo qual os escrevo ou o link do blogue. As fotografias que utilizo são retiradas da internet, no entanto, se houver alguma fotografia com direitos de autor: estes não serão esquecidos. Obrigada!

Autora do Banner

DESIGNED BY JOANA ISABEL