Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Letras Aventureiras | Por João e Luís Jesus

De João Jesus e Luís Jesus, nomeados os mais jovens escritores portugueses em 2016.

12
Nov17

"Por Favor, Não Me Deixes Sozinho"

João Jesus e Luís Jesus

forest-1598108_1920.jpg

 - Mãe? - Perguntou ele, acordando

- Sim, meu filho? - Perguntou-lhe baixinho

- Onde vamos? Porque é que estamos no carro? - Perguntou ele

Ela calou-se e sentia as lágrimas nos olhos.

- Mãe?! Estou a ficar assustado!

- Não te preocupes, vamos só dar um voltinha. Já voltamos para casa. - Mentiu-lhe - Volta a dormir. Ainda vai demorar.

Ele sentou-se melhor no banco.

- Não consigo. Já estou bem acordado. - Disse devagarinho

Ele olhou para fora do carro. 

- Onde estamos, mãe? - Perguntou curioso

- Já estamos um pouco longe de casa. É melhor voltares a dormir, porque vai mesmo demorar. - Disse, um pouco assustada

- Eu nunca vim aqui. - Disse-lhe

O carro parou de repente. 

- Porque é que paramos, mãe? - Perguntou assustado

Ela começou a chorar.

- Mãe, porque é que estás a chorar? - Perguntou-lhe triste

Colocou-lhe a mão no ombro. 

- Meu menino! - Suspirou, abraçando-o

- Está tudo bem, mãma! Estou aqui contigo. - Disse-lhe baixinho

Sorriu-lhe.

- Vamos sair só um pouquinho para apanhar ar fresco. - Avisou-o

Sairam do carro.

- Vamos jogar a um joguinho, para nos animarmos um pouco, está bem? - Desafiou

- Estás estranha mãe. - Disse ele

Ela limpou as lágrimas com a manga da camisola.

- Não estou nada. É só para nos animarmos. - Sorriu-lhe - Fazemos assim, tapamos os olhos e não podemos olhar. Eu escondo-me e tu tens de me procurar, ok?

- Mas eu não quero ficar aqui sozinho.

- Tu és um menino corajoso! Vais conseguir encontrar-me. - Disse-lhe, tremendo com a voz - Não podes mesmo olhar.

- Está bem. Começou eu a procurar.

Ela afastou-se dele, após ele tapar os olhos.

- Conta até cem devagar. Depois procura-me. - Disse-lhe com as lágrimas nos olhos

- Está bem, mãmã. - Disse ele - Não vás para muito longe, não quero ficar sozinho.

Começou a chorar e entrou no carro. Ligou-o e acelerou, deixando o menino para trás.

 

20916630_852581441564418_1179582757_n.png

 

20
Out17

"Ninguém"

João Jesus e Luís Jesus

animal-2727117_1920.jpg

 As patas batiam na estrada molhada.

Mais um carro passava perto de si. Mais alguém que não se importava com ele.

Abandonado. Ali na estrada. Caminhava apenas sempre em frente, em espera que alguém o encontrasse.

Sentia o estômago roncar cada vez mais. Tinha frio. Estava cansado.

Queria uma casa. 

Queria alguém que lhe desse carinho, que se importasse com ele. Queria alguém que não fosse como o seu antigo dono.

Dono? Será que lhe podia chamar isso? Nunca gostara muito dele, mas nunca pensara que ele o deixaria ali, sozinho. 

Mais outro carro passava pela estrada. Viu uma menina pequena espreitar pela janela.

Parou e olhou para ela. Ela sorriu e acenou.

A sua cauda abanou um pouco. Queria estar com aquela menina!

Mas o carro não parou, continuou a andar, como todos os outros. 

Sentiu um frio enorme por dentro. Estava triste! Revoltado com o mundo.

Continuou a andar pela estrada, molhada, suja e vazia. 

Vazia como ele se sentia por dentro.

 

20916630_852581441564418_1179582757_n.png

Mais sobre nós

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

João Jesus

Chamo-me João Jesus. Sou escritor e blogger! Sou português e habito num concelho do distrito de Vila Real! A leitura, a escrita e o filme são as minhas grandes paixões.

letrasaventureiras@sapo.pt

Luís Jesus

Chamo-me Luís Jesus. Sou ilustrador e blogger. Adoro ilustração e tecnologia. Apesar de ser ainda novo, o meu sonho é licenciar-me em engenharia informática e visitar países como a Austrália, Singapura, China e EUA.

letrasaventureiras@sapo.pt

Direitos de Autor

Plágio é CRIME! Não me importo que utilizem os meus textos desde que os identifiquem com o nome pelo qual os escrevo ou o link do blogue. As fotografias que utilizo são retiradas da internet, no entanto, se houver alguma fotografia com direitos de autor: estes não serão esquecidos. Obrigada!

Autora do Banner

DESIGNED BY JOANA ISABEL