Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Letras Aventureiras | Por João e Luís Jesus

De João Jesus e Luís Jesus, nomeados os mais jovens escritores portugueses em 2016.

13
Set17

"Anoitecer de Ti" - Ana Ribeiro

João Jesus e Luís Jesus

couple-cute-fireworks-love-Favim.com-2016532.jpg

 Tocam as doze badaladas. Misturo-me no meio da imensidão, o céu ilumina-se de diversas cores, formas e luzes; o palco já está pronto para se fazerem ouvir as melodias que prolongarão a noite. A multidão saiu à rua, espalha-se felicidade, cruzam-se histórias e caminhos. Quebra-se a rotina, coloca-se a conversa em dia.

 
Naqueles curtos minutos, esqueço o mundo por completo e penso apenas em ti, deixando-me envolver por aquelas minúsculas luzes que me iluminam. Que fazem renascer o amor que ainda sinto por ti. Foco-me em ti: absorvida, desprendida, profunda. Aquele céu faz-me recuar a ti, quando o vimos juntos pela primeira vez, é uma memória ainda tão presente que dificilmente a consigo esquecer. Tu e eu ali: perdidos na noite fria e escura e nos braços um do outro, envolvidos por toda aquela aura. Parecia um momento eterno.
 
Ainda te sinto e ainda vejo um pedaço pequeno de ti em cada uma daquelas luzes. Sinto-te aqui, como se ainda existisses. Na verdade, ainda existes em mim. O arco-íris era a melhor característica da tua personalidade, brilhava com todas as cores, até mesmo com o preto e o cinza. Conseguias abrilhantar toda a gente que estivesse à tua volta, foi o que me fez apaixonar por ti. Querer-te para sempre.
 
Por isso, estas noites em que o céu brilha e se pinta, são as melhores noites para poder ter-te novamente a meu lado, fazem-me lembrar tanto de ti…
 
Não sinto que te perco quando as cores se dissipam no ar, não sinto que seja uma despedida, nem um “Adeus”, é apenas uma forma de haver um próximo reencontro e ainda vai haver tantos.
 
Por momentos, alguém me toca no ombro, instintivamente viro-me para trás e o meu coração palpita. Pareces-me tu; mas lá bem no fundo sei que é apenas alguém que tem semelhanças com aquilo que tu eras. No entanto, essa pequena e vasta esperança acalma-me. Sorrio por saber que um dia irei voltar a sentir o teu toque tão perto. O Tomás abraça-me, há muito tempo que não nos encontrávamos. Dolorosamente, pergunta-me por ti. Desabafo e conto-lhe tudo. Ele pega-me na mão e reconforta-me. Diz-me que vai ficar tudo bem e que se precisar de alguma coisa estará sempre aqui para o que eu precisar e para me apoiar. Sorrio novamente. 
 
De repente, uma luz intensa cobre o céu, desviamos o olhar e deparamo-nos com uma estrela cadente. Percebi que eras tu, mostrando-me o quão feliz estavas por ter alguém que me apoie e por estar a tentar seguir em frente.
 
Texto de Ana Ribeiro, escritora e blogger do blog "Escreviver"

Mais sobre nós

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

João Jesus

Chamo-me João Jesus. Sou escritor e blogger! Sou português e habito num concelho do distrito de Vila Real! A leitura, a escrita e o filme são as minhas grandes paixões.

letrasaventureiras@sapo.pt

Luís Jesus

Chamo-me Luís Jesus. Sou ilustrador e blogger. Adoro ilustração e tecnologia. Apesar de ser ainda novo, o meu sonho é licenciar-me em engenharia informática e visitar países como a Austrália, Singapura, China e EUA.

letrasaventureiras@sapo.pt

Direitos de Autor

Plágio é CRIME! Não me importo que utilizem os meus textos desde que os identifiquem com o nome pelo qual os escrevo ou o link do blogue. As fotografias que utilizo são retiradas da internet, no entanto, se houver alguma fotografia com direitos de autor: estes não serão esquecidos. Obrigada!

Autora do Banner

DESIGNED BY JOANA ISABEL