Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Letras Aventureiras | Por João e Luís Jesus

De João Jesus e Luís Jesus, nomeados os mais jovens escritores portugueses em 2016.

10
Out17

Resenha do filme "Homem De Aço"

João Jesus e Luís Jesus

man-of-steel-poster-3.jpg

 Há dois dias, resolvi ver um filme que já queria ver há muito tempo.

É o primeiro filme da série de filmes "Liga da Justiça", que contém os filmes "Batman Vs Super-Homem", "Esquadrão Suícida", "Mulher-Maravilha" e futuramente "Liga da Justiça".

Como quero muito ver o filme "Mulher-Maravilha", decidi começar a ver esta série de filmes do ínicio, para perceber melhor a história.

Então, claro, comecei pelo príncipio, o filme "Homem de Aço"

Devo dizer que gostei muito do filme. Uma história boa, personagens fortes e tem tudo para dar uma boa série de filmes, se bem que já vi "Esquadrão Suícida" e não gostei muito...

Recomendo a visualização do filme! Fez-me lembrar muito a época em que via os desenhos animados do Super-Homem quando era criança.

O filme começa no planeta Krypton, onde vivem os kriptonianos. 

O seu planete está prestes a morrer, pois os kriptonianos eram muito avarentos, e quando ficaram sem recursos, começaram a extrair do núcleo de Krypton, fazendo com que este começasse a morrer.

O planeta tem umas horas de vida.

Enquanto isso, nasce uma criança por gestação normal em Krypton. É a última criança nascida normalmente em Krypton em mais de cem anos.

Jor-El é o seu pai. Jor-El é o maior cientista de Krypton, mas preveniu o governo de não extrair matéria do núcleo. Porém estes não o ouviram.

Jor-El vai ter com os membros de poder de Krypton, mas de repente, eles são atacados por um grupo liderado por Zod, um amigo de Jor-El, que ficou cada vez mais sombrio.

Zod quer liderar Krypton, mas Jor-El enfrenta-o. Zod fica furioso com o que Jor-El lhe diz e manda-o prender. 

Poré, Jor-El consegue surpreender os guardas e foge para sua casa, onde concorda com a mulher que precisam de mandar o seu filho para um lugar seguro, pois ele é a única esperança de Krypton.

Jor-El rouba o Códex, um objeto muito poderoso que pode trazer o bem nas mãos certas e o mal nas erradas. Jor-El passa o Códex para o ADN do seu filho e manda-o para a Terra, para este se salvar.

Zod mata Jor-El quando o bebé parte para a Terra, mas Zod é capturado pelos membros de poder de Krypton. Ele e o seu grupo são presos e os kriptonianos decidem que estes devem partir para a Zona Neutra, um sítio em que eles ficam como congelados eternamente.

Krypton explode e com ele, todos os kriptonianos morrem.

O bebé chega à Terra, são e salvo e é acolhido por uma família de agricultores em Smallvile.

Porém, desde muito cedo que este começa a ter problemas. Os pais dão-lhe o nome de Clark e proíbem-no de usar os seus poderes, mas este usa-os em situações desesperadas, como grandes catástrofes.

Clark quer ser livre e saber as suas origens. Ele descobre um trabalho no Ártico, onde existe um objeto estranho feito de metal que está soterrado debaixo de muito gelo e este tem milhares de anos.

Clark parte em busca desse objeto e conhece Lois Lane, uma jornalista famosa que gosta de situações perigosas. Ele consegue chegar ao objeto estranho e entra nele.

Lá, ele fala com Jor-El, mas não é mesmo ele, apenas as suas memórias. Lois segue Clark e é atacada por um robot.

Clark salva-a com os seus olhos laser e esta fica surpreendida.

Ao entrar na nave, Clark emitiu um sinal para o espaço e um perigo enorme aproxima-se da Terra, com intenção de destruir Clark.

É um filme muito bom! Têm de ver! 

 

20916630_852581441564418_1179582757_n.png

09
Set17

Resenha da 5ª Temporada de "Supernatural"

João Jesus e Luís Jesus

Supernatural_S5_Poster_01.jpg

 A quarta temporada acabou muito bem, no meu ponto de vista! Mas começou a quinta temporada muito mal para Sam e Dean Winchester! 

A quarta temporada foi uma temporada fantástica, cheia de mistérios e novas criaturas. Mas a quinta, também é muito boa!

Adorei esta temporada, mas teve alguns episódios que achei estranhos, pois esta temporada foca-se no Apocalipse e existem episódios fechados que eles não dão a mínima para isso e nem se nota que o mundo está a chegar ao fim.

A quinta temporada introduziu novas perosnagens, como o demónio Crowley e Lúcifer. Gostei muito de ambos! 

Esta temporada fecha o arco principal da história, pois Eric Kripke (o criador da série), planeou a série para apenas cinco temporadas e decidiu terminar a história principal nesta temporada. Mas a série teve um aumento de espectadores e então a CW (canal responsável por emitir a série) renovou a série para mais uma temporada. Mas Eric Kripke saiu do seu cargo e até agora, apenas ajuda um pouco na escrita e direção de alguns episódios.

Esta temporada começou com o ínicio do Apocalipse. Os anjos enganaram os Winchester. Estes queriam começar o apocalipse para limpar o mundo dos humanos e ter uma população divina, em que Deus só os pudesse adorar a eles, pois Deus preferia os humanos aos anjos.

Sam ficou viciado no sangue de demónio por causa de Ruby, e esta enganou-o. Ruby apoiava Lúcifer e mentiu a Sam, que se matasse Lilith, os selos não poderiam ser quebrados.

Sam mata Lilith e quebra o último selo da jaula de Lúcifer. Ao acontecer isso, o Apocalipse começa.

Dean e Sam ficam presos na sala onde Lúcifer se começa a erguer e de repente, estão num avião, um pouco longe do sítio onde estavam.

Dean está zangado com Sam por este não lhe ter dado ouvidos à cerca de Ruby. A relação entre os irmãos fica muito má.

Eles vão ter com o profeta Chuck, para tentar saber alguma coisa sobre Castiel, que desapareceu depois de avisar Dean que os anjos queriam o Apocalipse.

Chuck conta que Castiel foi morto por ter traído os anjos, mas não pode dizer muito mais, pois está a ser vigiado pelos anjos. 

Para não correrem riscos, Chuck envia uma fã dos livros "Supernatural", chamada Becky, que conta aos irmão que os anjos estão à procura da espada de Miguel, a única coisa que pode matar Lúcifer. Becky conta que Chuck ouviu uma pista sobre a localização da espada.

Sam e Dean tentam descodificar a pista, mas dão de caras com Meg, que possuiu Bobby. Bobby consegue controlar o corpo por uns segundos e esfaqueia-se, fazendo Meg sair do seu corpo. Os irmãos conseguem descodificar a pista e descobrem a localização secreta.

Sam e Dean partem para essa localização, mas são surpreendidos por Zacarias. Estes fez Chuck ver essa localização para os irmãos se encontrarem com ele. 

Zacarias explica que a espada de Miguel está em Dean e que este precisa dizer "Sim" a Miguel, para este o possuir e matar Lúcifer. Dean recusa e Zacarias ameaça matar Sam e então, começa a torturar os irmãos.

Castiel aparece milagrosamente e confronta Zacarias, revelando que Deus o ressuscitou e que também colocou os irmãos naquele avião. Zacarias desaparece e Castiel faz uma espécie de feitiço nos dois irmãos, colocando umas runas nas suas costelas, que os protege dos anjos e assim estes, não os conseguem localizar.

Bobby está no hospital e revela aos irmão que ficou com lesões muito graves, ficando numa cadeira de rodas.

Sam e Dean concordam que já não podem confiar muito um no outro e separam-se.

Lúcifer está em busca do seu recepiente, que é Sam, mas como Lúcifer ainda é um anjo, precisa que Sam diga "Sim". Em vez disso, Lúcifer arranja um recepiente temporário, num homem chamado Nick, mas como não é o recepiente destinado, este começa a deteriorar-se com o tempo.

Será que os irmãos conseguirão parar o Apocalipse e matar Lúcifer?

Esta temporada é muito boa! Adorei! Tem episódios muito divertidos e como tudo, alguns muito aborrecidos.

 

07
Set17

Resenha da 4ª Temporada da Série "Supernatural"

João Jesus e Luís Jesus

Supernatural_Season_4_BRCover_2.jpg

 Ok, eu estava mesmo ansioso por ver esta temporada! 

E porquê? Porque é considerada a melhor temporada de todas de "Supernatural" e porque introduz a personagem preferida de todos os fãs da série: Castiel!

Eu adorei esta temporada! Fantástica! E claro, também adorei o Castiel, mas gosto mais dele na quinta temporada, pois na quarta ele é um pouco sério.

E outra vez, eu estou a fazer a resenha da quarta temporada, mas também já terminei a quinta! Ambas as temporadas estão fantásticas!

Esta temporada contou com muitas novas personagens e todas com uma história muito boa, como Castiel, Chuck, Uriel, Anna e Alastair.

Existem episódios que achei um pouco desnecessários, mas todos têm uma boa história! Adorei também o episódio em que revelaram o profeta Chuck, que escreve uma coleção de livros chamada "Supernatural", que no fundo, é o evangelho dos Winchester! Adorei!

O final da temporada foi bom, mas deixou-me com uma grande vontade de dar um murro na cara de algumas personagens, quem já viu, sabe bem de quem eu estou a falar!

A terceira temporada foi focada em Dean a tentar acabar com o pacto que fez com o Demónio da Encruzilhada, para este trazer Sam de volta à vida em troca da alma de Dean, em que este só poderia ficar mais um ano na Terra.

Sam e Dean não conseguem quebrar o pacto e no final da temporada, Dean é arrastado pelos cães do inferno e morre.

A quarta temporada começa mesmo aí. Dean está no inferno e de repente, vê uma luz branca e enorme. Do nada, ele saí do seu caixão e repara que está de volta à vida, mas o campo onde fora enterrado, está destruído, como se um meteoro tívesse caído.

Dean procura contactar Sam e Bobby, mas não consegue. Faminto e com sede, ele assalta uma loja, onde rouba tudo o que lhe faz falta.

De repente, ele começa a ouvir um zunido muito alto e este parte os vidros. Dean grita e tapa os ouvidos. O ruído para e ele fica surpreendido. Será que ainda está no inferno?

Ele rouba algum dinheiro e contacta Bobby, numa cabine de telefone. Bobby estranha o telefonema, mas Dean viaja até Bobby.

Bobby fica assustado e faz várias coisas a Dean, para ver se ele é um demónio, mas dá tudo errado, pois Dean é humano. Dean apenas tem uma marca de uma mão no seu braço, parecida com uma queimadura.

Bobby e Dean acham que Sam fez alguma coisa, por isso tentam encontrar Sam.

Sam voltou a caçar sem Dean, pois achava que este não poderia voltar. Eles confrontam Sam, mas este revela que não fez nada.

Então, eles descobrem que podem estar a lidar com algo muito poderoso e pedem ajuda a uma vidente amiga de Bobby.

Esta contacta o espírito de quem retirou Dean do inferno e este revela ser um anjo chamado Castiel. A vidente tenta ver o seu rosto, mas os seus olhos queimam e ela fica cega.

Depois, Castiel revela a sua forma humana e diz a Dean que os Céus têm grandes planos para ele, e um deles é impedir Lilith de quebrar os selos, que libertam Lúcifer da sua prisão.

Também descobrimos que Ruby voltou e esta treina Sam para ele matar Lilith, dando sangue de demónio. Assim, Sam consegue ter os seus poderes amplificados, mas também fica viciado no sangue.

Esta temporada introduz a temática dos anjos e Deus. Está uma temporada muito boa!

Por isso, se quiserem ver uma série grande com episódios divertidos, eu recomendo "Supernatural"! Não se vão arrepender! 

 

05
Set17

Tag | Um Pouco Sobre Mim

João Jesus e Luís Jesus

20620346_vU0KS.jpeg

O nosso amigo e seguidor, P.P, convidou-nos para responder a esta tag, em que iremos falar um pouco sobre nós. Acho que vai ser divertido!

 

1 - Oferecem-te uma viagem no tempo que não podes recusar. Que época escolherias?

Bem, isso é uma pergunta díficil para mim (João), pois eu adoro História e quase todas as épocas são interessantes de explorar, mas acho que iria viajar para a época egípcia, pois gosto muito da história sobre os faraós e coisas do género...

 

2 - Um filme que te arrependes de ter visto?

"Fragmentado". Não sei como é que um trailer pode parecer tão bom e o filme revela-se uma valente...treta! A história não era empolgante como parecia ser no trailer e além disso, acho que faltavam lá algumas coisas.

 

3 - Fotografar ou ser fotografado?

Sem dúvida, fotografar. É tão bom tirar um fotografia a algo ou alguém e orgulharmo-nos do nosso trabalho. Ser fotografado é um pouco "chato" e não gosto muito! 

 

4 - Se tivesses obrigatoriamente de apagar o blog amanhã, qual seria o título do último post?

"Despedida". Iria escrever um texto enorme a agradecer a todos os seguidores pelo seu magnífico apoio. Este blog já faz parte da minha vida, é uma parte de mim, e custaria-me imenso despedir-me dele.

 

5 - Tens [ou já tiveste] alguma celebridade que consideres como o teu ídolo?

Ui! Tantas! Mas como as minhas preferidas tenho: Lucy Hale, Ian Harding, Nathaniel Buzolic, Paul Wesley, Kesha, Jared Padalecki e tantos outros que é quase impossível escrever o nome de todos!

 

6 - Uma saída com amigos: discoteca até de madrugada ou jantar e ficam todos em casa a conversar?

Depende dos dias. Por vezes sabe bem sair com os amigos, mas outras vezes é bom conversar com a família enquanto desfrutamos de um bom jantar.

 

7 - Qual foi a frase que alguém alguma vez te disse e que nunca esqueceste [não precisa de ser profunda, há frases que simplesmente nos ficam na cabeça]?

"Não desistam.". Foi dita por um professor nosso que nos lançou nesta aventura de ser jovens escritores. Devemos-lhe muito!

 

8 - Quando estás no carro ouves rádio ou escolhes a música que queres ouvir?

Rádio, pois assim podemos conhecer novas músicas e também ouvir diálogos muito divertidos e interessantes.

 

9 - Se pudesses voltar atrás no tempo e dizer alguma coisa que ficou por dizer [porque só te lembraste depois, é o que acontece sempre], o que dirias?

Diria "Até um dia!". Pois tive uma amiga muito boa no infantário e eu gostava mesmo muito dela e nunca mais a voltei a ver, porque ela mudou de escola. Às vezes lembro-me dela e tenho umas saudades muito pequeninas.

 

10 - Se pudesses conhecer mais alguém da blogosfera, através deste método, quem desafiarias? 

Bem, eu gostaria mesmo muito de conhecer melhor a blogger "Chic'Ana", a simpática Sofia, a "MJ", a "Psicogata", a Maria e a "Osa". Espero que participem! 

 

31
Ago17

Resenha da 3ª Temporada da Série "Supernatural"

João Jesus e Luís Jesus

Supernatural_Season_3_BRCover.jpg

 E bem, mais uma temporada terminada desta fantástica série... Quero dizer, mais uma resenha aqui no blog, pois eu já acabei também a quarta temporada e brevemente chega resenha dessa! Estou mesmo viciado nesta série!

Diziam que esta temporada era a pior de todas, devido ao corte de episódios por causa da greve dos produtores e também que devido ao corte de episódios, esta temporada era um pouco sem sentido.

Eu gostei desta temporada! Não tanto como as outras, mas gostei! Trouxe muito bons episódios cómicos e ri-me a valer nesta terceira temporada.

As personagens desta temporada também me conquistaram, como a Ruby (mas isso muda com esta personagem na quarta temporada, sacana!), a Bela e Lilith. Claro que se não ouvesse o corte de episódios, as histórias destas personagens iriam ser mais aprofundadas, mas não deu!

E como sempre, uma temporada de Supernatural começa bem e acaba de uma maneira épica, para irmos a correr ver a próxima temporada! Foi o que me aconteceu.

Uma das coisas que menos gostei nesta temporada, foi a entrada da série. Parecia muito mais antiga do que a da primeira temporada! Detestei! É mesmo a pior de todas.

Continuando, mesmo que seja uma tempora "má" em termos de história, é super engraçada! Não desistam de ver.

A segunda temporada acabou com Dean a matar Azazel (o demónio dos olhos amarelos), com a Colt. Mas Azazel tinha aberto os Portões do Inferno, soltando vários espíritos demoníacos do Inferno. 

Dean, Sam, Bobby e Ellena conseguem fechar os portões antes que mais demónios saiam, mas mesmo assim, centenas de demónios escaparam do inferno e Dean e Sam têm que os caçar.

Mas o principal foco desta temporada é o pacto de Dean. Sim, Dean fez um pacto com o Demónio da Encruzilhada para que este trouxesse Sam de volta à vida, pois uma das crianças especiais de Azazel matou-o.

Em troca disso, o demónio dá um ano de vida a Dean. A temporada inteira é passada em busca de algo que disfaça o pacto.

Nessa busca, Sam nota que uma rapariga loira o persegue. Ele confronta-a e ela revela ser um demónio bom, chamado Ruby e ela promete ajudá-lo com os seus poderes demoníacos que Azazel lhe deu quando este era bebé.

Dean tenta aproveitar ao máximo o seu último ano de vida e desiste de procurar algo que quebre o acordo, pois o demónio avisou-o que se tentassem alguma coisa para quebrar o contrato, Sam caíria morto. 

Porém, está a acontecer algo muito poderoso na Terra por causa da abertura dos Portões do Inferno. Existe um demónio muito antigo, poderoso e que quer matar Sam, chamado Lilith e esta é que tem o contrato de Dean e este só se quebra se a matarem.

Mas isso não vai ser tão fácil, pois a Colt foi roubada por Bela, uma caçadora de relíquias. Ela consegue roubar a Colt e vendê-la a alguém. Essa Bela vai dar muitas dores de cabeça, mas é uma personagem divertida.

O final é mesmo muito bom e deixa-nos ansiosos por assistir à próxima temporada, que neste caso, eu já assisti!

Vejam, pois esta temporada tem um dos episódios mais engraçados de todos! 

 

 

 

Mais sobre nós

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

João Jesus

Chamo-me João Jesus. Sou escritor e blogger! Sou português e habito num concelho do distrito de Vila Real! A leitura, a escrita e o filme são as minhas grandes paixões.

letrasaventureiras@sapo.pt

Luís Jesus

Chamo-me Luís Jesus. Sou ilustrador e blogger. Adoro ilustração e tecnologia. Apesar de ser ainda novo, o meu sonho é licenciar-me em engenharia informática e visitar países como a Austrália, Singapura, China e EUA.

letrasaventureiras@sapo.pt

Direitos de Autor

Plágio é CRIME! Não me importo que utilizem os meus textos desde que os identifiquem com o nome pelo qual os escrevo ou o link do blogue. As fotografias que utilizo são retiradas da internet, no entanto, se houver alguma fotografia com direitos de autor: estes não serão esquecidos. Obrigada!

Autora do Banner

DESIGNED BY JOANA ISABEL